ambiente de desenvolvimento em 6 itens


posted by qmx on 29 December 2010

Puxa vida, isso tá parecendo enquete de nerd (sighs), mas vamos lá:

Lembrando que ambiente de desenvolvimento é uma coisa bem pessoal, como as opiniões são, então se você não concorda e quer reclamar, vou redirecionar flames miseravelmente pra /dev/null.

sistemas operacionais

Sobre o Windows, não é sistema operacional, é sistema inoperante. Só se tornou usável a partir do XP/2003 Server, mas já era tarde demais pra acreditar…

Comecei a usar Linux em meados de 96, já passei por várias distribuições Linux, como Conectiva (Marumbi, Guarani), Slackware (96 - 10.0), Debian, LFS, Gentoo, Knoppix, Kurumim, Ubuntu, etc….

Hoje eu uso Debian, e aprendi a nutrir um ódio saudável do Ubuntu e do RedHat (aconteceu na glibc do Fedora, mas relata bem a atitude comum, sem contar com o excesso de conservadorismo).

Dos BSD’s, passei pelo NetBSD, OpenBSD, FreeBSD e finalmente pelo Darwin/OSX, que é o BSD que uso hoje em dia. Não venha me dizer que você não sabia que o MacOSX era um BSD…

Uso MacOS simplesmente porquê já estava cansado de ficar fazendo malabarismo pro hardware funcionar. Por mais que o mac seja caro, é simplesmente feito pra dar certo, já que o stack de hardware e software é controlado pela Apple. Não vou entrar em discussões filosóficas se isso é bom ou ruim, mas o fato é que simplesmente funciona.

(e a bateria ainda está durando mais de 5h, viu @rafaelrosafu) ¬¬.

controle de versão

Só existe um controle de versão decente, e o nome é GIT - uso os outros por necessidade e não por gosto. Independente da ferramenta, a melhor forma de saber se alguém sabe usar controle de versão é ver se ele comenta o código e commita ou apaga o código e commita :)

linguagem de programação

Já desenvolvi usando várias delas, começando pelo Basic, QBasic, depois C, Assembly, Visual DataFlex, Delphi, VB (ugh), PL/SQL, TSQL, Ruby, Java, COBOL, Python, Bash, C#, …

Hoje meu foco é Java, Ruby e Javascript, mas chega num ponto que a linguagem passa a ser um pequeno detalhe.

editor

Comecei a usar o Vim pouco tempo depois de começar a usar o Linux (meu primeiro editor foi o joe). A mudança pro Vim aconteceu naturalmente, já que eu achava o joe muito ruim na época. Acabei por aprender alguns truques, mas não usava muita coisa que o Vim oferecia na época.

Para desenvolvimento Java, definitivamente o Eclipse é a minha ferramenta preferida. O grande problema é que o Eclipse é campeão em suporte a edição de coisas de Java, mas sofre miseravelmente pra editar outras coisas. E é justamente em todas as outras coisas que o Vim dá uma verdadeira surra no Eclipse. Logo, acabei por usar o eclim, mais conhecido como Eclipse + Vim, usando o poder do Vim como editor, e os recursos do Eclipse para desenvolvimento Java.

As minhas configurações do vim você pode ver aqui.

música

iTunes aberto direto, os estilos você pode ver no meu last.fm. Indispensável pra poder conseguir se concentrar em algumas ocasiões.

terminal

Uso o tmux, com várias sessões que ficam sempre abertas, uma pro jruby, outra pros projetos da gonow, outra pros projetos da caelum, outra pra miscelânea - assim tenho todos meus ambientes prontos para uso, sessões de debug intactas, irssi rodando…

Uso bash, e nem perdi meu tempo olhando pra outro shell. A única coisa mais anormal que eu uso é um prompt um pouco mais elaborado, com um código de cores meio maluco:

prompt

Bom, é isso aí, vou passar a bola pro @PotHix, pro @pmatiello e pro @renatocn