vá de bike


posted by qmx on 26 August 2010

Post meio off-topic, mas acho que vale a pena falar sobre isso.

Há um bom tempo venho fazendo uma dieta forte, tentando reduzir o excesso de gordura sobrepeso acumulado.

Perdi 20kg nessa brincadeira, mas ficar “de regime” muito tempo é complicado, logo, pensei em procurar outra solução para o meu problema. Como todo bom sedentário, exercícios seriam a última (e inevitável) opção.

Já sem opção mesmo, me recordei de como gostava de andar de bike na minha adolescência, daí lembrei do Shadow e sua bike dobrável; a ficha caiu imediatamente:

Porquê cargas d’água eu não arranjo uma dobrável e começo a usá-la como meio de transporte intermodal?

@qmx na bike

Fiquei um bom tempo pensando no assunto, e acabei por comprar uma dahon mu p8, na freecycle, onde fui muito bem atendido por sinal - Recomendo!

E finalmente, comecei a peregrinação. Sabendo que ia ser complicado voltar a pedalar forte depois de 13 anos parado, comecei bem devagar, sem expectativas de conseguir concluir o percurso todo. Comecei subindo a av. sumaré, pela direita, tentando me acostumar com a bike nova (mesmo tendo ficado muito tempo sem andar, ainda senti um pouco de dificuldade pra acostumar com o tamanho reduzido das rodas (aro 20), dificuldade que sumiu rapidinho :)

Continuei andando bem até a metade da cardeal arco verde, onde logo percebi que a minha glicemia havia baixado e eu já estava começando a desidratar, (dieta ensina cada coisa pra gente…), parei num boteco e dobrei a bike, e já embarquei num ônibus cinco minutos depois. Apanhei bastante pra dobrar e guardar a bike na “mochila”, mas acho que é uma simples questão de costume.

Resumindo: Pra um gordo que não andava de bike há mais de uma década, eu me saí muito bem: consegui andar mais de 5km, com uma velocidade média de quase 15km/h!

Espero conseguir fazer o percurso completo em breve: 17km da minha casa até o trampo.

Os resultados foram nítidos logo de imediato: cheguei no trampo bem cansado, mas bem mais disposto pra encarar o dia de trabalho.

Vá de bike! Melhor prasua saúde, melhor pro meio ambiente!